quarta-feira, 27 de novembro de 2013

A importância da história para o estudante de Direito.

Caminhando pelas palavras de ANTÓNIO MANUEL ESPANHA entendi com clareza a importância da história na vida de um jurista.

Logo de início, no primeiro capítulo de "A Cultura Jurídica Européia" da Editora Almedina, já encaminha nós, leitores, a refletir sobre a missão do estudo da história para o estudante de Direito:

"a missão da história do Direito é antes a de problematizar o pressuposto implícito e acrítico das disciplinas dogmáticas, ou seja, o de que o direito dos nossos dias é o racional, o necessário, o definitivo" (p. 13).

Isso indica que o Direito têm suas verdades "definitivas" e o estudo da história vem, por exemplo, auxiliar o estudante a entender que, talvez, aquela verdade tenha surgido de uma circunstância política e/ou social de determinado momento, local, e vem se repetindo acriticamente, como pressuposto necessário, sem que o estudante não atento a história tenha a possibilidade de refletir sobre o ponto.


O Direito é um sistema de legitimação, mas não podemos esquecer que o próprio Direito necessita ser legitimado. Uma vez ouvi de um professor que é muito importante não nos acomodarmos diante de um dogma. Vale a pena refletir sobre o que todo o mundo acha correto. Daí se extrai ótima ideias.

Então, estude história!

Nenhum comentário: