sexta-feira, 5 de outubro de 2012

O Adriano, o que dizer?

Bom, Adriano... o que dizer? Lembro de um dos primeiros lances dele que vi. Ele estava no meio de campo a bola veio alta de um lance qualquer ocorrido um pouco mais a frente... era uma bola difícil, muito difícil de ser dominada e ele, um garoto, magricelo e alto, desconhecido. Aquela bola seria um meteoro para muitos garotos que, como o Adriano, são lançados nas arenas. Mas naquele dia Adriano observou a bola cair, deixou que ela seguisse no sentido de suas pernas, entre suas próprias pernas, fez com que escorresse do seu tornozelo ao calcanhar mudando seu sentido para o lado esquerdo do campo, mas permanecendo junto ao seu pé, o pé esquerdo claro, e a conduziu para o ataque, sofrendo uma falta logo em seguida. Naquele momento me animei, sabe... Vocês devem saber e eu sei... 

Sabe quando você percebe que um craque está surgindo no time? Caramba.. é uma daquelas sensações maravilhosas para um torcedor que há algum anos não sinto.  O torcedor do Vasco deve lembrar disso, eu lembro... do Edmundo... o Gerson estava comentando o jogo e o Edmundo (que nome feio!) entrou, pegou uma bola no meio de campo e não perguntou nada para ninguém partiu para o ataque... O Gerson na hora cravou: esse garoto tem futuro... e que futuro! Dava até medo (hoje posso falar) quando o Edmundo entrava em campo... No Fluminense, o Carlos Alberto, hoje vemos que ele não atingiu o que se esperava dele, mas o cara está há trinta anos jogando futebol e quando um jornalista informa a idade dele: 23... Também lembro do inferno que era aquele moleque entrando em campo para enfrentar o Flamengo... do Botafogo é que eu não lembro de ninguém, mas quando lembrar vou escrever um artigo só dele, para ninguém ficar chateado... Mas o que dizer do Adriano.. Dá para se dizer muitas coisas que ocorreram dentro de campo, principalmente aquele Brasil e Argentina. É o tipo de vitória que dá prazer. O que dizer dele hoje. Não digo nada. Mas espero... Vou esperar ele voltar a campo para dizer, pois veja, no Corinthians ele jogou um jogo apenas em 2011, um jogo apenas é o que eu lembro, e ele decidiu, deu a vitória ao Corinthians. Muitos corintianos devem estar felizes até hoje com aquele gol, porque eu fiquei muito feliz com o título de 2009 e acho que ele merecia estar na Copa de 2010. Mas como tem um mundo de gente burra no futebol o cara pensa assim: o Adriano foi artilheiro do Brasileirão 2009, melhor jogador do campeonato, mas faltou ao treino, então, como no futebol o mais importante é a disciplina, já que temos que dar o exemplo para as nossas crianças... é melhor levar Josué, o Grafite, o Felipe Mello... fala sério! Eu penso diferente... leva o Romário, o Adriano, o Ronaldinho Gaúcho, Fenômeno sempre que possível, porque o futebol não é exemplo de muita coisa não...

Nenhum comentário: