sexta-feira, 14 de novembro de 2008

Suicídio na Petrobrás!

Os grandes veículos de comunicação não noticiaram (ou então eu não percebi a notícia), um funcionário da Petrobrás pulou do prédio na Avenida Chile, aquele prédio principal da empresa estatal. Cometeu suicídio. Isso ocorreu essa semana e não se viu qualquer espaço significativo na grande mídia sobre o fato. Por que será? Confesso que não sei.
Tenho refletido e procurado, com todo o cuidado, entender essa situação. É lógico que deve ser difícil para a família. Seria justo explorar esse fato? Seria cruel? Eu considero que sim, e eu se fosse um dos parentes não gostaria de ver a mídia em cima procurando detalhes, revirando a vida de um ente querido, mas não é essa a questão que gostaria de colocar para debate. O fato é que a Petrobrás abafou o caso.
Todos os dias vemos na televisão absurdas explorações comerciais dos casos mais variados. Vimos inclusive uma exploração em tempo real no recente caso do seqüestro em São Paulo, com direito a improvável intervenção de apresentadores de televisão.
O que me preocupa é que quando o interessado tem poder econômico e, principalmente, político, a informação pode ser abafada. Esse fato é indicativo. Que outras informações omitem? Vamos pensar.
Em tempo: coloco esse humilde espaço a disposição da família para qualquer desabafo!

18 comentários:

Anônimo disse...

no site http://www.cinform.com.br/conteudo/?codigo=27514 tem mais informações sobre o caso

Leo Saoli disse...

Para vocês veram, essa notícia a qual se refere o comentário acima é de 2006!! Não é dessa que estou falando, o fato em questão ocorreu ssa semana no centro do Rio de Janeiro. Não há necessidade de entrar em detalhes por que o foco não é a tragédia em si, mas as escolhas das grandes mídias e o que existe por trás disso!
Um abs.

Julio Cesar Oliveira disse...

Dinheiro. Creio ser a resposta para que o caso fosse abafado. Imagina a repercussão que isso daria, caso o episódio fosse explorado comercialmente??? Imagina se o motivo do suicídio fosse algo que não pudesse ser divulgado??? Sei lá...são só conjecturas...mas o fato é que um suicídio em uma grande produtora de dinheiro pode gerar especulações de toda sorte que pudessem comprometer o valor das ações da empresa...isso lá é uma verdade.

Anônimo disse...

Também escutei isso na "radio corredor" na quinta passada, só que num prédio diferente da sede. Ninguém da minha sala sabia e não tinha noticia alguma veiculada.
Enfim, nem dentro da empresa soubemos do caso....
Lembrei disso agora e fui procurar com mais calma depois que li no Agamenon hoje "Se o governo não me arrumar uma verba até semana que vem, prometo que vou subir no prédio da Petrobras e praticar o subsídio".
Pra quem não conhece, é uma coluna do segundo caderno do Globo que zoneia com as noticias. Enfim, não é uma notícia, mas eles não tiraram isso do nada, né? Esse tipo de coincidência não existe...

Beatriz disse...

Fala Léo!
Concordo com o Júlio. Ou não divulgaram pq o cara se matou por um motivo pessoal, e aí ng tem nd haver c/ isso. Ou se tem algo haver c/ a empresa, o q eu duvido, é mto delicado e talvez necessário não divulgar. A Petrobrás é uma transnacional ligada a setores estratégicos do ponto de vista econômico e político. Algumas têm q ser reservados sob pena de causarem graves danos à economia e ao país.

Anônimo disse...

Léo, o fato ocorreu e todos que estavam no prédio e fora dele puderam ver. Inclusive tinha uma platéia enorme nas grades do prédio que fica para a Av. Paraguai. Qualquer um que passasse pela av. paraguai conseguia ver!!!
Soube que a Petrobras emitiu uma nota interna, mas muito suscinta...apenas lamentando a morte do funcionário.
Concordo que não se deva fazer notícia com a desgraça alheia, mas realmente é estranho d+ não ter saído nada na imprensa.
Até porque qualquer um com uma câmera/ celular na mão poderia ter tirado uma foto de fora do prédio e ter divulgado na imprensa.
É no mínimo intrigante não ter saido nada sobre o caso em lugar nenhum!

Kl@uDynhA disse...

É. E hoje , há poucas horas atrás acabou de acontecer outro suicídio no mesmo local. Vai ser noticiado???
Acabei de saber da noticia por meu marido que trabalha no prédio.

Anônimo disse...

http://oglobo.globo.com/rio/mat/2007/01/09/287349179.asp o homem que é citado na noticia se matou hj na petrobras sede

Anônimo disse...

Hoje teve outro suicidio no mesmo predio, contador de 60 anos que matou a filha usuaria de drogas em 2007 pulou hoje do EDISE.

(a mulher dele já tinha se matado por causa da filha)....

Anônimo disse...

Há alguns anos foi feito um acordo de cavalheiros entre os veículos de imprensa para não divulgar notas sobre suicídios, pois acredita-se que isso serviria de incentivo a outros potenciais suicidas...

Anônimo disse...

oundo ta lotado tem mais é q incentivar mesmo... quanto mais gente morrer melhor..principalmente no RJ

Anônimo disse...

O mundo***

Anônimo disse...

Há alguns anos foi feito um acordo de cavalheiros entre os veículos de imprensa para não divulgar notas sobre suicídios, pois acredita-se que isso serviria de incentivo a outros potenciais suicidas!!!!!!
Deixem de ser curiosos e cuidem da vida de vocês e daqueles que vocês amam para que não comentam suicidio!!!

Anônimo disse...

Quanto ao comentário do dia 22 de janeiro porque então não faça o mesmo te garanto que pessoas como voçê não fazem falta alguma no mundo seu DEMÔNIO materializado, vai então para o inferno, vai se fuder todo caindo no chão daquele prédio nos faça esse favor seu desgraçado.

Anônimo disse...

Olá
Foram dois suicídios entre outubro de 2008 e janeiro de 2009. Ambos se atiraram de uma andar alto do prédio Edise da Petrobrás. O setor médico da Petrobrás se preocupa mais com a opinião pública do que com as pessoas que la trabalham. Desculpem- me se não me identifico. Trabalhei algum tempo nessa empresa e vivenciei essas duas situações de uma forma muuuito próxima.

Anônimo disse...

Isto nada tem a haver com poder econômico. Há um acordo em toda a imprensa de não noticiar acidentes deste tipo, pois é sabido que o índice de suicídios aumenta sempre que é divulga uma morte dessa naturesa. Por isso não se vê nada a respeito do metrô também.

Anônimo disse...

Divulgar suicidio na midia é considerado anti-ético. Não tem nada a ver com Petrobras. É sabido que noticias sobre suicidio incentivam outros suicidas. Pesquise sobre "efeito Werther" para saber mais. Acho extremamente válido essa iniciativa. Eu, se fosse você, até apagava esse post.

Juliana Oliveira disse...

Que bom que voce nao apagou o post. Suicídio devido ao trabaho existe, e infelizemnte está aumentando. Precisa alertar para o fenomeno.